quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Paixão pela dúvida leva ao saber - Curso de Filosofia da UFMG "O que é veneno para alguns, pode ser remédio para outros"

Sobre o Curso de Filosofia da UFMG
"O que é veneno para alguns, pode ser remédio para outros" Nietzsche


Paixão pela dúvida leva ao saber

O diálogo permanente com outros saberes marca a Filosofia. Na foto, busto do filósofo Kant
O diálogo permanente com outros saberes marca a Filosofia. Na foto, busto do filósofo Kant
Será assim mesmo? Por quê? Mas se pensarmos de outra maneira? Se as perguntas são um ponto forte para você, a Filosofia começa a se apresentar com uma acertada opção. As dúvidas levam longe quem se aventura pelos espirais do conhecimento filosófico.
Pensar e repensar grandes legados de expoentes da Filosofia parece tarefa muito difícil para quem olha de longe. Mas ao nos aproximarmos, percebemos que uma boa dose de curiosidade e dedicação para entender o raciocínio de pensadores nos faz compreender qualquer fenômeno do mundo e assim o campo da Filosofia fica mais palpável e convidativo. “Interessei-me pelo curso porque vejo que o conhecimento filosófico atua como pano de fundo de muitos outros”, revela a estudante do 6º período, Camilla de Carvalho Felicori, 23 anos. O amor pela Filosofia não foi identificado por Camilla na época do vestibular, tanto é que ela optou por fazer Comunicação Social na Universidade. Mas já na primeira metade do curso, a estudante percebeu que não se identificava com o enfoque da Comunicação Social e decidiu fazer reopção por Filosofia. “Gosto do curso por causa da leitura, do interesse pela reflexão, da habilidade para ler em outras línguas”, completa Camilla.
A atração de Camilla é o que também move outras pessoas a buscar o conhecimento filosófico. “A Filosofia é um campo mais geral do saber que permite um diálogo permanente com outros campos”, resume a coordenadora do curso, Patrícia Kauark. Ela explica que os estudantes devem fazer as disciplinas obrigatórias e optativas do curso. Os conteúdos obrigatórios são divididos em dois eixos. No eixo histórico, os estudantes vão ter noções das Histórias de Filosofia Grega, Medieval, Moderna e Contemporânea. Já no grupo das sistemáticas estão disciplinas como Lógica, Ética, Estética e Teoria do Conhecimento. A possibilidade de fazer disciplinas em outros campos do saber reforça o diálogo da Filosofia com conteúdos diversos. Os estudantes podem escolher uma formação complementar em três áreas: Ciências Exatas e Biológicas, Ciências Humanas e Artes. A coordenadora do curso destaca ainda que há muito o que aprender fora das salas de aula. “O grande laboratório da Filosofia é a biblioteca e contamos também com laboratórios de ensino e de Estética, grupos de pesquisa e monitorias”.
O contato com a pesquisa é um ponto importante para quem está no curso. “Não existe o professor separado do pesquisador. Dessa maneira, a pesquisa não está só no percurso de quem quer fazer o Mestrado, mas também é uma preocupação de quem vai lidar com o ensino médio”, salienta Patrícia Kauark.
Para Camilla Felicori, as opções permitem um bom crescimento acadêmico a quem se interessa pela área. “O aluno aprende a ler textos muito difíceis, isso ajuda para a leitura de outros textos, análise crítica, capacidade de argumentação e incentiva o estudo de línguas estrangeiras”, observa.
Filosofia
setaVagas ofertadas: 45
setaTurnos: Diurno
setaDuração do curso: 4 anos
setaModalidades: Bacharelado e Licenciatura
setaUnidade da UFMG onde é oferecido: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (Fafich) e Faculdade de Educação (FAE)
Concorrência no vestibular UFMG
20056,91
20068,71
20077,00
Avaliação no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), em 2005: 5
Mercados de trabalho: Pesquisa, escolas de Ensino Médio, universidades, projetos sociais. Com a obrigatoriedade da Filosofia no Ensino Médio, é um campo de trabalho que tende a crescer.
Remuneração média inicial: R$ 750,00 (salário inicial de professor do Ensino Médio, para quem graduou-se em Licenciatura).

Pensamentos

"Conhece a ti mesmo." Sócrates --"A linguagem é a morada do Ser." Heráclito -- "O homem é a medida de todas as coisas." Protágoras -- " Penso, logo existo. " René Descartes -- " O Mundo é minha representação sobre ele. " Artur Schopenhauer -- " Ai ai, o tempo dos pensadores parece ter passado! " Soren Kierkaard -- "Sobre aquilo que não pode ser dito deve se calar.” Ludwig Wittgenstein -- "O Ser é um horizonte de possibilidades." Martin Heidegger -- "A essência precede a existência." Jean Paul Sartre -- " A esperança floresce senão sobre o solo do desespero. " Gabriel Marcel "A razão e a sabedori falam. O Erro e a ignorância gritam." Sto. Agostinho "A melhor lição é o exemplo." Sto. Agostinho